TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO

Sobre a profissão do Técnico em Segurança do Trabalho:
É uma profissão regulada pela Lei No 7.410, de 27 de Novembro de 1985.
O Técnico em Segurança do Trabalho é o profissional que atua em ações e nos processos produtivos com auxílio de métodos e técnicas de identificação, avaliação e medidas de controle de riscos ambientais, de acordo com a Legislação Brasileira, Normas Regulamentadoras e princípios de Higiene, Saúde e Segurança do Trabalho. Desenvolve ações educativas na área de Saúde e Segurança do Trabalho. Seleciona, controla, orienta e fiscaliza o uso de EPI e EPC. Coleta e organiza informações de saúde e de segurança no trabalho. Avalia e executa diversos programas de prevenção em SST, inclusive PPRA (Programa de Prevenção de Riscos Ambientais). Investiga, analisa acidentes e recomenda medidas de prevenção e controle.

O Que faz um Técnico em Segurança do Trabalho:
• Informar o empregador, através de parecer técnico, sobre os riscos exigentes nos ambientes de trabalho, bem como orientá-los sobre as medidas de eliminação e neutralização;
• Informar os trabalhadores sobre os riscos da sua atividade, bem como as medidas de eliminação e neutralização;
• Analisar os métodos e os processos de trabalho e identificar os fatores de risco de acidentes do trabalho, doenças profissionais e do trabalho e a presença de agentes ambientais agressivos ao trabalhador, propondo sua eliminação ou seu controle;
• Executar os procedimentos de segurança e higiene do trabalho e avaliar os resultantes alcançados, adequando-os estratégias utilizadas de maneira a integrar o processo prevencionista em uma planificação, beneficiando o trabalhador;
• Executar programas de prevenção de acidentes do trabalho, doenças profissionais e do trabalho nos ambientes de trabalho, com a participação dos trabalhadores, acompanhando e avaliando seus resultados, bem como sugerindo constante atualização dos mesmos estabelecendo procedimentos a serem seguidos;
• Executar as normas de segurança referentes a projetos de construção, aplicação, reforma, arranjos físicos e de fluxos, com vistas à observância das medidas de segurança e higiene do trabalho, inclusive por terceiros;
• Encaminhar aos setores e áreas competentes normas, regulamentos, documentação, dados estatísticos, resultados de análises e avaliações, materiais de apoio técnico, educacional e outros de divulgação para conhecimento e auto-desenvolvimento do trabalhador;
• Indicar, solicitar e inspecionar equipamentos de proteção contra incêndio, recursos audiovisuais e didáticos e outros materiais considerados indispensáveis, de acordo com a legislação vigente, dentro das qualidades e especificações técnicas recomendadas, avaliando seu desempenho;
• Executar as atividades ligadas à segurança e higiene do trabalho utilizando métodos e técnicas científicas, observando dispositivos legais e institucionais que objetivem a eliminação, controle ou redução permanente dos riscos de acidentes do trabalho e a melhoria das condições do ambiente, para preservar a integridade física e mental dos trabalhadores;

Perfil Profissional
O técnico de segurança do trabalho é um profissional de nível médio, sendo habilitado a identificar e avaliar as condições ambientais de trabalho na empresa, analisar procedimentos de rotina, fluxos e riscos de operação, máquinas e equipamentos, elaborar planos, estudos estatísticos de acidentes e doenças ocupacionais, fazer cumprir as normas e regulamentos, desenvolver programas prevencionistas, campanhas, cursos, treinamentos, assessorar a CIPA e coordenar todas as atividades ligadas à segurança do trabalho na empresa.

Campo de Atuação:
O profissional de Segurança do Trabalho tem uma área de atuação bastante ampla. Ele atua em todas as esferas da sociedade onde houver trabalhadores. Em geral Ele atua em fábricas, construção civil, hospitais, empresas comerciais e industriais, grandes empresas estatais, mineradoras e de extração.

Vantagens e benefícios da profissão:
Todas as empresas, de qualquer porte, precisam de um programa de prevenção para evitar riscos aos empregados. É nesse contexto, que a demanda pelo Técnico em Segurança no Trabalho tem crescido de forma significativa.
Esse profissional é cada vez mais valorizado, já que ele é o responsável por levantar riscos a fim de reduzi-los e, até mesmo, evitar acidentes. Ele tem a função máxima de trabalhar para preservar a saúde física e mental dos trabalhadores. É uma atividade de prevenção e de cuidado. E para isso, uma boa capacitação é fundamental.
Prova disso, é que o curso Técnico em Segurança do Trabalho é um dos mais procurados no país.

Média Salarial
O Técnico em Segurança do Trabalho tem uma remuneração média de R$ 3.665,00

Como é o curso:
As aulas são presenciais (teóricas e práticas) e as situações de aprendizagem previstas para cada módulo têm como eixo condutor situações similares as encontrados nas condições reais de trabalho e que estimulam a participação ativa dos alunos na busca de soluções para os desafios que dele emergem.
Com isso, os alunos se habituarão aos desafios presentes na carreira.

Curta duração do curso
Essa é outra vantagem de se fazer um curso técnico é a curta duração do curso, aproximadamente um ano e meio e a possibilidade de se ingressar no mercado de trabalho.

Diferencias do curso
O curso é alinhado com o mercado de trabalho, atendendo às exigências específicas da ocupação, e contando com docentes experientes na área que enfatizam situações de aprendizagem dinâmicas e interativas que privilegiam a formação de um profissional crítico e criativo. A organização curricular está estruturada por módulos, as aulas são presenciais em salas de aula com equipamento multimídia, laboratórios de informática, corpo administrativo eficiente, biblioteca com acervo atualizado e professores qualificados.

Módulos do Curso:
Módulo I – Administração e Legislação Aplicada (360 horas)
•Desenho Técnico
•Introdução ao Estudo do Direito
•Normas Regulamentadoras
•Legislação Trabalhista
•Legislação Ambiental
•Ética
•Administração
•Tecnologia
•Gestão de Qualidade

Módulo II – Higiene Ocupacional e Medicina do Trabalho (320 horas)
•Higiene Ocupacional
•Gerenciamento de Riscos
•Responsabilidade Social
•Primeiros Socorros
•Medicina do Trabalho
•Meio Ambiente
Módulo III – Psicologia e Segurança do Trabalho (520 horas)
•Psicologia
•Técnicas de Treinamento
•Segurança do Trabalho
•Segurança do Trabalho na Área Hospitalar
•Segurança do Trabalho na Indústria da Construção Civil
•Segurança do Trabalho na Industria Química
•Ergonomia
•Téc. Prevenção Combate Sinistro
•Téc. Prevenção e Controle de Perdas

Carga horária:
1200 horas para aulas teórico/práticas e 120 horas destinadas ao Trabalho de Conclusão.

Dias de aula:
Segunda a sexta-feira das 19h00min às 22h45min

Início:
01 de Agosto de 2017

No comments yet.

Leave Your Reply

Contatos

(12) 3923-2293

comercial@cursosexito.com.br

Av. Alfredo Ignácio Nogueira Penido, 614 JD. Aquarius - São José dos Campos - SP
Have any question?